Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2015

Concurso Nacional de Leitura - participação do Agrupamento de Fragoso na Fase Distrital

Imagem
No dia 23 de  abril, Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, realizou-se a fase distrital do Concurso Nacional de Leitura,no Auditório do Parque de Exposições de Braga.Foram  291 alunos de todo o distrito que  puseram à prova as suas competências de escrita, de leitura e de oralidade. O nosso agrupamento esteve muito bem representado pelas alunas Ana Margarida Maciel, 7.º A; Mariana Maciel, 8. ºC; e Ana Catarina Ferros, 9.º A.  Parabéns pela participação e empenho demonstrado!

23 de Abril Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor

Imagem
O dia 23 de Abril é celebrado em todo o Mundo com a intenção de promover a leitura, os livros e o direito de autor.
A data foi proclamada em 1996 pela UNESCO, que disponibiliza no seu sítio na Internet informação sobre os eventos ao longo dos últimos anos e uma mensagem da diretora-geral, Irina Bukova, para além de várias sugestões e recursos para a comemoração da data, e ainda ligações para as diversas comemorações em todo o mundo.
Em Portugal a data tem sido assinalada ao longo dos anos pela DGLAB e pelos diversos organismos que a antecederam. O dia é igualmente comemorado com atividades de promoção do livro e da leitura em muitas bibliotecas, livrarias e escolas. Fonte: sítio da BAD
O Agrupamento de Escolas de Fragoso associa-se a estas comemorações com um programa que se inicia no dia 22 de Abril e termina a 7 de Maio.

Mensagem da UNESCO para o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor

Imagem
ODia Mundial do Livro e do Direito de Autoré uma oportunidade para reconhecer o poder dos livros na mudança das nossas vidas para melhor e para apoiar os livros e aqueles que os produzem. Como símbolos globais de progresso social, os livros – aprendizagem e leitura – tornaram-se alvos para aqueles que denigrem a cultura e a educação, que rejeitam o diálogo e a tolerância. Nos últimos meses, temos visto ataques contra crianças nas escolas e a queima pública de livros. Neste contexto, o nosso dever é claro – devemos redobrar os esforços para promover o livro, a caneta, o computador, juntamente com todas as formas de leitura e de escrita, de modo a combater o analfabetismo e a pobreza, a construir sociedades sustentáveis, e a fortalecer as bases da paz. A UNESCO tem liderado a luta contra o analfabetismo, a ser incluída como elemento fundamental nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável de 2015. A alfabetização é a porta para o conhecimento, essencial para a auto-estima e o empoderament…