terça-feira, 15 de maio de 2018

Entrega de prémios do concurso literário “Acácia e os fantasminhas”

     No dia 27 de abril, os alunos do 5º ano da Escola E.B.I. de Fragoso deslocaram-se à cidade de Armamar, situada no concelho de Viseu, para receber os prémios que lhes foram atribuídos pelo júri do concurso “Acácia e os Fantasminhas”, promovido pela Biblioteca Municipal de Armamar com o apoio da Câmara Municipal. Quatro alunos do 5ºB receberam o 1º prémio, atribuído ao escalão do 2º ciclo e quatro alunos do 5º A também foram premiados com uma menção honrosa pelo trabalho de expressão plástica, que realizaram, aquando a visita da escritora Margarida Pogarell à escola de Fragoso.
À chegada a Armamar, os alunos e professores foram muito bem recebidos pela Vereadora da cultura, pela mãe da Acácia e por animadores culturais, entre outros, que os acompanharam durante o almoço no parque de merendas da freguesia de Fontelo, onde do adro da capela de São Domingos, a vista sobre o vale do Douro era magnífica.
Já na cidade de Armamar, após uma visita à igreja de São Miguel, cerca das 14:00h, os alunos assistiram à chegada de Acácia à sede da câmara municipal transportada num coche puxado por dois vigorosos cavalos.
 Logo de seguida deu-se início à cerimónia, onde após vários discursos e a intervenção, por videoconferência, da escritora Margarida Pogarell, os prémios foram entregues aos alunos vencedores. No final da sessão, pôde-se cumprimentar a Acácia que distribuiu um lápis como lembrança da cidade de Armamar, a Terra das Emoções.
Uma vez que se estava na capital da maçã de montanha, na hora da despedida, foram oferecidas deliciosas maçãs à comitiva de Fragoso que regressou feliz à escola.
As docentes de Português , 2.º ciclo







     

Abril - Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância


Abril foi o mês dedicado à prevenção dos maus tratos na infância. A Organização Mundial de Saúde estima que cerca de 40 milhões de crianças são vítimas de alguma forma de maus-tratos.

O nosso Agrupamento, em parceria com a psicóloga do Município de Barcelos Teresa Dora Lima, do projeto Intervenção Psicossocial e psicoeducativa de Barcelos, realizou uma campanha de sensibilização em todas as unidades educativas.
Ao longo do mês realizaram-se palestras de sensibilização para as várias turmas do 1.º ciclo de Fragoso, Aldreu, Palme e Durrães e construíram-se laços humanos em todas as escolas, relembrando assim esta problemática.
 A escola de Durrães do 1.º ciclo e pré-escolar também se associou ao Centro Social de Durrães e Encarregados de Educação, promovendo várias atividades em articulação com os mesmos, nomeadamente a construção bonecos/silhuetas, feito com pacotes de leite, os quais foram vestidos pelos pais  com material reciclado e resistente às condições climatéricas, ostentando um laço azul ao pescoço. Estes bonecos foram colocados na rotunda, em frente ao Centro Social, em forma de um círculo e a dar as mãos formando um coração. Foi aí, também, colocada a seguinte mensagem "Pelo direito de crescer feliz". Também realizaram uma caminhada pela freguesia, vestidos de azul e ouviram a história do Laço Azul, apresentada pelo professor de EMRC, terminando com uma mensagem que cada criança levou para casa. Para falar desta temática realizou-se, ainda, uma sessão com um agente Segurança Pública que falou sobre os tipos de violência que podem existir, os maus tratos e as injustiças que as pessoas cometem umas contra as outras.








Concurso Nacional de Leitura

No dia 20 de abril, realizou-se a fase Municipal, da Prova Regional – Municípios da 12.ª edição do Concurso Nacional de Leitura, no Teatro Gil Vicente, em Barcelos.
As provas municipais contaram com 32 alunos vencedores dos agrupamentos de escolas do concelho, nas várias categorias, do 1.º ciclo ao ensino secundário. Os alunos participantes realizaram uma prova escrita seguida de uma prova oral, subdividindo-se esta em prova de argumentação e prova de leitura, sendo o júri constituído por Pedro Chagas Freitas (escritor), José Campinho (professor) e Victor Pinho (Bibliotecário Municipal).
Para esta fase, os alunos leram os seguintes livros: A namorada japonesa do meu avô, 1.º ciclo; O caderno do avô Henrich, 2.º ciclo, e Cidades de papel, 3.º ciclo.

O nosso Agrupamento esteve muito bem representado pelos alunos Beatriz Seoane, 1.º ciclo; Lara Carvalho, 2.º ciclo, e Tomás Rodrigues, 3.º ciclo. O Tomás foi um dos três alunos selecionados para a prova oral, tendo recebido uma menção honrosa. Parabéns pelo vosso desempenho, gosto pela leitura e pela forma brilhante como se empenharam para representar o nosso Agrupamento. 


quinta-feira, 26 de abril de 2018

A visita do Geronimo Stilton

Nos dias 19 e 20 de abril, os nossos alunos do 1.º e 2.º ciclo receberam a visita do Geronimo Stilton, que transpôs as páginas dos livros  e veio para uma sessão de promoção dos livros e da leitura, no âmbito das atividades do dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor, promovidas pelo Agrupamento.
Numa 1.ª parte, os alunos estiveram com um assistente que acompanhava a personagem e que testou os seus conhecimentos sobre as narrativas que fazem parte do mundo do Stilton.
Após uma conversa com o Stilton, seguiu-se uma sessão de autógrafos e oferta de um brinde a cada aluno. 
Todos os alunos adoraram a surpresa.




segunda-feira, 16 de abril de 2018

A visita da ilustradora Alexandra Gonçalves à nossa Escola


Hoje, dia 16 de abril de 2018, tivemos um encontro com a ilustradora Alexandra Gonçalves que nos apresentou dois livros: “ E o burro sou eu?” e “ Não era uma vez…nem duas…nem três” do escritor Henrique Pereira.
Começou por apresentar o livro “ E o burro sou eu?” onde os animais iam à escola e vimos que, afinal o burro era inteligente.
Depois, falou da história “ Não era uma vez…nem duas…nem três”, onde o menino mais mentiroso do reino faz uma viagem guiada, utilizando as pistas dadas aos leitores.
Para terminar desenhou um mosquito, recorrendo às figuras geométricas (círculo, triângulo, retângulo e quadrado). Com os círculos fez os olhos, o corpo a cabeça e as nuvens. Com os triângulos fez o bico e as asas. Com os triângulos, os quadrados e os retângulos fez o casaco, o bolso, os sapatos e o pau do lápis.
Foi um momento agradável e nós gostamos muito de assistir a tudo, em particular do desenho do mosquito.
Fragoso, 16/04/2018
Alunos da Turma F2 

mais... 



terça-feira, 10 de abril de 2018


SARAU DE POESIA “VERSOS À SOLTA”


Dando continuidade à iniciativa dos anos anteriores, no dia 7 de março, pelas 20h, na Biblioteca da Escola Básica de Fragoso, realizou-se o Sarau de poesia Ler com prazer”, tendo como objetivo motivar para a leitura, sensibilizar para a poesia e proporcionar um momento de abertura e partilha com toda a comunidade.o
Este momento cultural, apenas possível graças ao empenho de alunos, alguns professores e à equipa da Biblioteca, juntou alunos do 1.º ao 9.º ano de escolaridade e professores, uns com poemas inéditos, outros com textos de autores conhecidos, todos eles revelando grande entusiasmobrilhantismo na sua declamação, enchendo aquele espaço de beleza e alegria.
Parabéns a todos os participantes, que emprestaram a sua voz à poesia, mostrando o “pazer de ler” para  uma comunidade viva e recetiva às atividades que lhe são proporcionadas, que, desta forma, ficou mais enriquecida, com um “serão” bem passado e de qualidade.
                                                                                                            José Reis 





quarta-feira, 21 de março de 2018

21 de Março - Dia Mundial da Poesia e da Árvore

Hoje comemora-se o dia Mundial da Poesia e o Dia Mundial da Árvore.
Assinalamos estas duas datas com um poema inédito da aluna Liana, do 3.º ano.



A Natureza

Na natureza
Há muita beleza
Nascem as flores
Crescem amores.

Num dia de calor
Vai para o monte, o pastor!
Alimentar os seus animais,
Enquanto voam os pardais.

Quando está muito frio,
Não apetece caminhar.
Nem ao pé do rio,
Nem ao pé do mar!

Na natureza há muito silêncio
E, às vezes, há um incêndio,
Que a vai destruir
E pôr todos a fugir!

Nos dias de sol
Apetece jogar futebol.
E nos dias de chuva
Comer uma uva.

E quando o tempo
 diz que está vento,
Apetece pegar na joaninha
E ir para a caminha!
Laurine Lopes (Liana), TURMA F2/3